sábado, 4 de dezembro de 2010

Eu e você. Por mim. ...

E nestas mudanças, descobri em você o que realmente faltava em mim.
Saímos noites aforas e vivemos o que nosso sentimento nos permitiu viver. Aventuras estranhas que jamais imaginei que um dia fosse vivê-las. Você me permitiu ser o que eu realmente gostaria de ser. Você me faz querer ser o que sou e continuas me amando por isso.

Amor,
Hoje olho pra você e não vejo mais tristeza e solidão.
Vejo nossa felicidade estampada em nossos sorrisos e a paz quando estamos abraçados.
Tenho em ti o que eu pensei não encontrar em lugar nenhum.
Descobri em você a parte de mim que faz estar sempre bem.
Sinto-me viva sempre que estou ao seu lado.

Amar você é o refúgio desta realidade de nossos dias, sem permanecer numa utopia eterna, mas numa verdadeira dimensão paralela.

Nenhum comentário: