segunda-feira, 24 de maio de 2010

Que seja o que tem que ser...

Às vezes me perco em preocupações
e idéias vagas sobre possibilidades e afins
Algumas eu me perco no escuro e
sem saber, me acho em lugares muito estranho
Quando dou por mim, estou ali
mesmo sabendo que permaneço cá

É, eu sei lá..
Sabe se lá como tudo acontece
Se tem um por que...o que...quê...

Mas, abro a janela.. olho o horizonte
e aceito o fato de que tudo é, como tem que ser..
Que assim seja então!

Boa semana... :)

Com algumas dúvidas...mas muitas certezas!!!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Curtindo a vida adoidado - O início...

Dizem que a vida é curta para aqueles que não sabem aproveitar... Então, a semana passada pra mim foi muito louca e bem aproveitada...
Tipo, comecei a beber tem alguns meses, antes achava escroto esse papo de sair com os amigos e beber (quando se tem alguém que bebe e passa dos limites, fica o tal trauma...). Mas aí, parei e pensei..
- Porra, por que não? De que adianta uma vida, se não foi vivida? Liberdade! Então comecei nesta vida de vícios, bebidas e rock...
Tomei alguns porres, com direito a vira-vira e queda na LB (na verdade praça do Forte, mas conhecida como Lugar Bonito), pulos-quedas de um palanque-lágrimas-e-"ellen-emo-bêbada"; uma semana muito diferente do convencional: pelo menos até então pra mim.
Começamos na segunda-feira, sem aulas(é... teve, mas não teve !?!), fomos a LB e sem voDizem ntade de beber de fato, nos contentamos com uns Bombons de cachaça: teve até direito ao FIGHT..pq qriam levar o meu chocolate ¬¬
Na terça-feira, sem muitas novidades fomos a Praça. Ah tah, recapitulando: FOMOS: quer dizer Eu, Paola (que não desgruda e que eu amo) e Fifo, com participação especial de Pedro(bobo) a partir de quarta-feira. Da água pro vinho, na terça eu e a Paola fomos comer a tal macaxeira frita e de quebra complementamos com umas cervejinhas..
Na quarta, chegamos a entrar na facul, mas nada. Encontramos com os meninos na Praça da Bandeira e descemos pro tal Formigueiro. Arrebatamos um vinho e lá fomos pra LB. Conversar, beber, ficar juntos e tals. Ainda achei que fosse apanhar quando retornasse á casa. Mas, ufa! Estavam todos dormindo.
Na quinta não saímos, até fomos pra aula, mas...
Aí, começamos os preparativos para ESTE final de semana. Na sexta marcamos um cinema, que não aconteceu. Mas, aí pra afogarmos as mágoas nós (eu, fifo e paola) fomos ao supermercado e encontramos a Natasha. De lá descemos pra LB, encontramos o Pedro e ficamos bebendo soda com a Natasha. Cara, ela é boa mesmo :) O Pedro que a amouuu..rs* De repente, chega o Diego e o Mauro (não sabia quem era, depois de alguns goles a gnt até rir junto). De lá, depois da 00:00 fomos para o Santa Rita, estava tendo um show metal core por lá. Quando parei pra me situar, já estávamos na Praça Nossa Sra. de Fátima (Como? O que? Quando? Por que? Caralho doido, como eu cheguei aqui.. :O )
Por lá, as coisas aconteceram como deveria (creio eu ?!?). Quando parei pra contar, entre os chapado e bêbados, os que ainda estavam bem (pq bons mesmo, todos estávamos...depois da natasha.) nenhum sobrou. Estávamos eu, a Paola, o Fifo, o Pedro, o Diego, o Mauro, a Diana, o Maiden, a Bianca (conheci de fato alguns deles..rs*)
Teve direito até a frase célebre de Paola "Caralho doido, eu estou entre o Cazuza em fase terminal (Mauro com um pano branco na cabeça) e o Renato Russo (Diego: qualquer semelhança é mera coincidência)"... rs*
Aconteceram muitas coisas das quais eu não imaginaria que acontecessem, a começar pelo fato de que EU estaria bebendo, com o pessoal do Liberdade ao Rock, andando de madrugada, sabe se lá por onde e bebendo... estando com alguém especial**.. e bebendo...rs*
Foi a noite mais louca da minha vida... Cheguei em casa já era umas 7:30m da manhã e passei na padaria pra comprar pão e diminuir meu suposto castigo...
No sábado, acordei lá pelas 14:00h e depois de arrumar a casa, fui ao supermercado e quem encontro lá? A Natasha :) e a levei comigo pra praça.. mais uma 51 e o Licor de menta.
A noite fomos curtir o Liberdade ao Rock, ouvimos Nova Ordem o/, Agressão Verbal... Encontramos a galerinha Lá..
Mais um monte de fatos: lágrimas, perdas, beijos, abraços, chuvas e tals.. Como teve uma festa depois, encontramos um outro caminho e fomos parar no Bairro Açaí! :O Onde brincamos de "fui na feira comprar um limão....." Não lembro como fui parar no quarto, mas me disseram qu eme carregaram. Ainda bem!
De manha, isso lá pelas 7:00h, fomos pra casa da minha mommy (Eu, Fifo, Paola, Nanih e Juhninho), comprei pão e ficamos na casa da mom até depois do almoço. Retornamos ao Boné Azul, arrumamos o quarto da Lola. Neste momento, eu-nanih-Lola compramos um pacote de Micão e coca... E começaram-se as ligas: uma me pergunta de onde surgiu o nome Jotalhão da turma da mônica, a outra me pega um choque sentada na cama. E eu comecei a questionar se realmente só era coca o que tinha na garrafa...
A noite, compramos uma Roskoff e nos encontramos no lugar de sempre... Ainda fiquei sabendo de fatos que me balançaram um pouco, mas é a vida ;) Conversamos, bebemos e lá pelas 00:00h cheguei em casa, cheirando a um perfume bom*, misturado com fanta e roskoff..
Enfim, esta foi a minha semana...
Nada de mais para alguns, mas muitas aventuras pra mim... ;)

terça-feira, 11 de maio de 2010

Tudo que acontece, não acontece em vão...



Correndo entre as planícies
Percorri caminhos alegres e vales sombrios
De onde menos esperei
Você surgiu como uma mera chuva de fim de tarde...

Suavizou meus pensamentos, quando já não conseguia entendê-los
Tranquilizou minhas lembranças, quando elas não se dispersavam
Alegrou meus sentimentos, quando imaginei tê-los perdidos
Privilegiou minha companhia, quando merecia apenas a tua ausência

Fostes para mim, o que a chuva é para o solo...
Trouxesse a vida que julguei ter perdida...
Trouxesse a esperança de um arco-iris por trás de um céu negro

Não sei muito bem o devo dizer... Nem sei se ao menos posso...
Mas tens um lugar muito especial em mim..
A gotícula em sorriso que me dedicas a cada dia,
Me traz uma paz e felicidade... Inesquecível...
Te adoro...por todos os momentos
Por todos os sorrisos
e por tudo...

:)

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Meu retrato de você


Tirei tuas molduras e teu contorno
Deixei que somente teu esboço
marcasse a simplicidade do teu ser
Só assim, pude admirar o teu eu mais perfeito
Te desenhei conforme minhas lembranças
Te recriei conforme minhas vontades
Fiz das tuas mentiras a tinta mais marcante
e fiz do teu sorriso o instrumento mais maleável

Sujei, apaguei e rasguei tantas vezes quanto possível,
e ainda sim minha inspiração existiu
apenas no instante que te vi

Depois, cada detalhe e cada cor
não teve mais forma nem sentido...

Meu desenho de você é apenas um rabisco tênue e suave
Minha imagem de você é apenas uma tela distante pintada
no escuro
Meu retrato de você... Uma simples realidade do que
imagino ser a tua presença nesta ausência...
O vazio diante de um sonho...
Uma ilusão de uma obra-de-arte...